16/02/2011

Dança do ventre

 É fascinante ver os movimentos da dança do ventre.
Ver a sensualidade no corpo e nas mãos.
Ficamos embriagados com a harmonia e as explosões de sentidos.
É ótima para o corpo e para a alma. E o melhor disso tudo é que não precisa estar com o corpo e peso conforme manda o figurino. Qualquer um pode dançar e se encantar com os movimentos.
A dança do ventre sempre foi uma celebração à vida. Os seus movimentos são inspirados nos animais, como camelos e cobras; nos quatro elementos, terra, fogo, água e ar; e em toda a natureza.
Euzinha na apresentação do teatro de Vila Velha
Algumas modalidades da dança do ventre
Dança com véu
O véu na Dança do Ventre é como uma extensão da bailarina, de seus braços, proporcionando um ar de mistério, leveza e encanto.
A dança com véu pode variar de acordo com a intenção e criatividade da bailarina: pode-se dançar com um único véu, com dois ou até nove.
Algumas bailarinas fazem uso do véu aliado aos snujs, por exemplo, querendo assim demonstrar sua habilidade com os acessórios da dança.
Não é muito comum nos países árabes. É mais usado nos países ocidentais como o Brasil e os Estados Unidos.
Dança com a espada
Uma variação da dança do ventre, ou seja, uma modalidade, na qual a bailarina dança com uma espada, feita especialmente para isso.
É uma dança que exige equilíbrio, pois em alguns movimentos se equilibra a espada em partes do corpo, além de exigir força, já que a espada é um pouco pesada.
Dança com o castiçal
Dança Árabe com Castiçal ou Candelabro e Taças:
Simbolizam comemoração ou festividades, como, casamento, batizados, e aniversários... O castiçal ou andelabro (próprios para dança) é encaixado na cabeça da bailarina, as taças são entrelaçadas nos dedos da mão. No final da dança, as velas são apagadas pela(s) pessoa(s) homenageada(s).
É uma dança perigosa, atrativa e sensual...

Dança com taças
Dança com duas taças, com uma vela dentro de cada.
É geralmente dançada em casamentos, batizados, aniversários.
As taças com velas iluminam o corpo, os trajes da bailarina e também o ambiente. Por isso recomenda-se que este não seja muito claro, mas que esteja na penumbra.
Não se sabe ao certo sua origem, mas acredita-se que tenha surgido no ocidente.
http://yalla-habibah.blogspot.com/2008/10/ditadura-da-magreza-na-dana-do-ventre.html

11 comentários:

  1. Oi Tê!!
    Eu adoro dança em geral, acho fascinante o que nosso corpo pode fazer... Além que faz um bem daqueles!!!
    Que legal vc dança...que linda!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, Tê, que linda você estava com esta roupa, corpo e cabelos! amei!
    Não sabia que você também tinha mais este dom. haha
    Acho um barato e gosto de assistir apresentações assim, mas não levou jeito não.
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  3. Ola, querida Terezinha
    Fico feliz por ver vc postando normalmente... que bom!!!
    A dança do ventre me encnata e tive que parar há 6 meses... vou retornar assim que acabar o período pós operatório... bom demais!!!
    Tem um convite pra VC no meu post de hoje e gostaria muito de que entrasse na roda com a gente, tá???
    Bjs dançantes

    ResponderExcluir
  4. Que lindoooooooooooo! Adorei, eu acho super sensual!
    Amei o post e a história!
    Bjo, bjo!
    She

    ResponderExcluir
  5. Amooooooooooooooooooo a música do seu Blog, pois eu amo Lou Bega... Mas quem é essa mulher que está cantando? Ficou ótima a música.... Adorei!
    Bjo, bjo! ;)
    She

    ResponderExcluir
  6. Oi Teresinha! Que saudade!
    Está tudo mudado por aqui... até o nome do blog... está tudo lindo! A foto que colocou em seu perfil está maravilhosa! Está parecida com a Luciana Gimenez, que eu acho linda!
    Amiga, parabéns pelo emagrecimento! Fantástico, 5 Kg em 45 dias!!! Vamos continuar nos encontrando para contar como foi a semana, está bem?
    Beijocas. Te aguardo pra outras prosas.

    ResponderExcluir
  7. Acho lindo de ver essa dança!Um lindo fds,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  8. Oi Teresinha,
    Tentei fazer balé qdo criança, maas não sou boa nisto. Depois não me interessei mais. Gosto de assistir, mas não de dançar, mas nos últimos tempo estou com muita vontade de aprender dança flamenca, só não estou encontrando quem dê aulas na minha cidade.
    Parabéns pelo post!
    Tem sorteio no meu bloguito, please … dê uma forcinha, se não estiver participando ainda, participe.
    Bjkas e um ótimo final de semana para vc.

    http://gostodistonew.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Ei Terezinha!
    Não sabia que dançava a dança do ventre!
    Acho muito interessante, é uma dança enigmática e linda.
    Vi uma apresentação no shoping uma vez. Gostaria muito de aprender essa dança,você sabe de algum lugar aqui em Vitória?
    Você está maravilhosa na foto. Parabéns!
    Gdbeijo

    ResponderExcluir
  10. Que legal, Tê! Eu acho, não, sei que não levo o menor jeito, é muito difícil.

    Ficou linda e sabe do que tb gostei? Da figurinha se requebrando, bacanésimo.

    Bom final de semana, bjnhs

    ResponderExcluir
  11. É mesmo uma dança muito atraente.
    Uma dança que fascina.
    Muito bonita.
    Parabéns!
    Xeros

    ResponderExcluir

Amei o comentário. Bjs mil. Tê