23/07/2011

Quebrando paradigmas

TEMA: 

Nessas minhas duas semanas de viagem, como já contei no post anterior, fui ao museu do futebol e disse que ia com um olhar mais para o lado estético, pois não sou fã do mesmo.
Para minha surpresa, fiquei encantada com muitas coisas que vi por lá. Para quem curte artes e adora a plástica, a criatividade e a inovação é surpreendente ver algumas salas.
Já para quem fez moda ou apenas curte a história da indumentária através dos séculos é interessante ver as fotos e as vestimentas, tanto das mulheres quanto dos homens, e perceber o que ficou na história, o que voltou e o que nunca mais vimos por ai.
Ver a evolução dos tecidos nas camisas dos jogadores, dos designer das bolas, das chuteiras e das propagandas...É muito enriquecedor.
Tem um espaço com ilhas de telas mostrando os acontecimentos mais importantes de cada intervalo de quatro anos, equivalente ao período de realização de uma Copa do Mundo de Futebol.

Já na sala dos heróis, podemos sentar em um banco, ver e ouvir como os brasileiros, na primeira metade do século passado começaram a identificar com ídolos nacionais. Além de poetas, pintores e músicos, os jogadores não podiam ficar de fora e deixar de se identificar com pessoas que fizeram e contribuíram com a nossa história.
Um ponto que me deixou muito surpresa foi a preocupação com o deficiente visual, algumas reproduções são apresentadas em braille, relevo, alto constraste, além de maquetes táteis e obras com áudio descrição. 
Pois é, fui e vi com outros olhos e pude abstrair e focar pontos além da bolinha.
Beijos para você que está lendo e curtindo esse momento.

9 comentários:

  1. Querida, já estava com vontade de ver esse museu, agora então com sua descrição a vontade só aumentou.
    bjs e bom fim de semana
    Jussara

    ResponderExcluir
  2. Eu, que não tenho nem time, nunca poderia imaginar a riqueza de informações no Museu do Futebol.

    bjnhs e ótimo final de semana, Tê!

    ResponderExcluir
  3. Eu também não tenho nenhum time. Meu marido é botafoguense doente. Eu só fico vendo e achando graça de tanto sofrimento.kkkk...

    ResponderExcluir
  4. Que bom que deu pra tirar bastante proveito! bem legal! ;*

    ResponderExcluir
  5. Tê,

    Essa idéia para deficientes foi o que mais gostei, parabéns ao lugar!!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Muito legal mesmo este museu!
    Mas, São Paulo é dez em matéria de museus e lugares pra se conhecer, visitar. adoro Sampa!
    ]bjs cariocas

    ResponderExcluir
  7. Nossa que legal seu post! Nem poderia imaginar que era tão interessante assim um museu de futebol!!
    Cris.

    ResponderExcluir
  8. Oi Teresinha, tudo bom?
    Nossa, quanto tempo eu ñ venho aqui!
    Vc tem ido bastante no meu blog de filmes, né?!
    Adorei este post.Que bacana, viu!
    Fotos lindas. Da muita vontade de ir e conhecer.
    Um bj enorme, Rozani

    ResponderExcluir

Amei o comentário. Bjs mil. Tê