13/01/2012

Bronzeado e pernas torneadas cortam modelos de desfiles.


"A sempre comentada magreza excessiva de algumas modelos volta à tona neste Fashion Rio.
 

RIO - A sempre comentada magreza excessiva de algumas modelos volta à tona neste Fashion Rio. Com medidas um tanto acima das desejadas pelas passarelas, Camila Macedo ficou de fora do desfile de Martins Paulo, no Rio Moda Hype, por ter medidas um tanto acima das requisitadas.
— Ser cortada de um desfile é normal para qualquer modelo. Mas acho que minhas pernas foram o motivo — diz Camila, que é dublê de corpo da atriz Luana Piovani na minissérie "Mulher invisível".
Mas não é só o corpo que pode cortar uma modelo de um desfile. Bruna Loureiro ficou de fora do desfile de Lucas Magalhães, também no Rio Moda Hype, por ter a pele mais bronzeada do que o desejo da marca, que optou por peles branquinhas.
— Semanas de moda são cruéis com as modelos cariocas que costumam ter mais corpo, além da pele douradinha — diz Sérgio Mattos da agência 40° Models, ressaltando que, em São Paulo, a pressão é ainda maior. — Lá é demais. Alguns produtores chamam as modelos de gordas".



Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/cultura/bronzeado-pernas-torneadas-cortam-modelos-de-desfiles-3649780#ixzz1jKX2P6lr 

9 comentários:

  1. OI Teresinha,
    Eu achei que as modelos estão mais magras ainda (como se isto fosse possível), mas a verdade é que eles não querem modelos magras, eles querem meninas de 13 ou 14 anos que sejam altas. Dificilmente eles aproveitam uma garota de 18 anos, ainda que ela seja magra, pois se não fez nome até os 18, não vai ter mais chance. É uma carreira muito breve, muito efêmera, onde Giseles e Naomis são exceções. As garotas começam a ficar com corpo de mulher e caem em desespero, achando que se emagrecerem vão continuar no páreo, mas não vão.
    Beijos 1000 e um final de semana maravilhoso para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Tê!
    Olha, teu blog ficou lindo com este layout! Acho que você acertou tudo agora.
    Quanto a estas loucuras do mundo fashion é que faz a antipatia de muitos, pois tinham que fazer desfiles de acordo com o tipo físico e costumes de cada país. pelo menos é assim que eu penso.
    Ora, nossas mulheres são curvilíneas, adoram malhar em academia e exigir um cabide, uma tábua como eles querem é uma tremenda idiotice.
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  3. Pasma!
    Com toda veracidade, sou contra tamanha exigência... e acho que magreza não combina, as mulheres precisam ter curvas!

    Beijinhos,
    uma linda sexta-feira, cheia de afeto.

    ResponderExcluir
  4. A moda sempre nos surpreendendo!

    Beijooos
    Siga o blog, assim vc pode participar dos sorteios!!!
    www.idfashion.com.br
    @blogidfashion

    ResponderExcluir
  5. Hola pasaba a saludar y desear
    que tengas un feliz fin de semana.
    un abrazo.

    ResponderExcluir
  6. Sinceramente, Tê, na passarela, gente como eu tem a menor chance - mas, nas lojas, certamente, eu sou "o cara" - pra elas não tem quase nada ; >

    A última coleção da Osklen teve como tema a Africa - não houve nórdica que reclamasse da escolha do casting.

    Afinal, fashion é business, né não?
    ; > )

    bjnhsssssssss

    ResponderExcluir
  7. Teresinha, venho desejar um lindo fim de semana, cheio de coisas boas e muita paz...
    Lindos dias.
    Beijos
    Lorena Viana

    ResponderExcluir
  8. Tê,

    Ouvi muitas x alguns estilistas dizendo que eles precisam de cabides na passarela, pois as peças são feita nas mesmas medidas... São cabide ambulantes..rsrs

    Mas divido muito que essa moça ferenciasseja tão fora do conceito...
    Agora esse negocio de preferência por peles mais brancas, acho o cumulo, afinal moramos em um pais missegenado e tropical...


    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oi Teresinha
    Estas modelos magérrimas, com os ossos aparecendo são feias, um pouquinho de curvas, umas pernas mais grossinhas e bem torneadas só fazem bem aos olhos.
    Bjo

    ResponderExcluir

Amei o comentário. Bjs mil. Tê