11/11/2012

Ser feliz com as diferenças.

GIF animado de um trevo da sorteMuitas vezes pensamos...Porque fulana de tal é assim, toda linda com um corpão, cabelo lindo, cheia de amigos, com um trabalho maravilhoso, com uma vida cheia de glamour e outras não? 
Quantas vezes, pessoas acima do peso pensam que essa fulana sempre está de bem com a vida. Que não possui nenhum problema e que está sempre sorrindo para o destino, não é assim?
Um ditado popular que é muito certo é aquele que diz que a grama do vizinho sempre está mais verdinha do que a minha. (rs)
Muito bem...Isso é um verdadeiro engano, pois mesmo que em alguns dias o pensamento traia as convicções e com essa sensação de que a magra é mais feliz não é verdade.
A verdade é que o ser humano sempre tem suas insatisfações, sempre reclama de algo e com certeza quer mudar um detalhe no seu corpo ou na sua vida de uma forma geral. Procura sempre a felicidade e não entende que comparar seu corpo com outro ou a sua vida com a de outra pessoa é absolutamente errado. Cada um tem suas características, cada um vive a sua vida conforme as suas necessidades e anseios. 
Procurar a felicidade é algo que sempre devemos fazer, sem cogitar a situação alheia, até mesmo para estarmos bem e a felicidade pode estar em diversos momentos da vida. 
"A felicidade é o que os antigos gregos chamavam de eudaimonia, um termo ainda usado em ética. Para as emoções associadas à felicidade, os filósofos preferem utilizar a palavra prazer. É difícil definir, rigorosamente, a felicidade e sua medida. Investigadores em psicologia desenvolveram diferentes métodos e instrumentos, a exemplo do Questionário da Felicidade de Oxford, para medir o nível de felicidade de um indivíduo. Esses métodos levam em conta fatores físicos e psicológicos, tais como envolvimento religioso ou político, estado civil, paternidade, idade, renda etc".
As diferenças existem e cada um tem o seu sucesso e seu público. Veja as modelos e irmãs Laura e Courtney Wells. Cada uma tem um biotipo. Uma já é considerada uma mulher real, com curvas, já  a outra é magra. Nem por isso elas deixaram de fazer sucesso e nem deixaram de ser aceitas no mercado de trabalho.
Essa  imagem e o vídeo não são atuais, serviram somente para ilustrar o tema.


Fonte: Google e Wikipédia

16 comentários:

  1. Lindo e bem verdadeiro texto. Saber ter consciência que as diferenças existem. Nos acomodar ou tentar mudar, mas sempre sem exageros. beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Cada um com seu biotipo, é isso ai!!
    beijos'

    ResponderExcluir
  3. Ei Teresinha
    É isto mesmo, as difrenças estão aí por todos os lados. Imaginar que fulana é mais feliz, que sua vida é melhor por que é bonita, magra é pura utopia.
    Isto não existe.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Teresinha,
    Pura verdade este texto, a felicidade está tão próxima de nós, mas mts insistem em querer buscá-la tão longe! Basta olharmos dentro de nós msm e nos aceitar exatamente como somos, acho que é o primeiro passo!
    Grande beijo
    Sileni
    www.viveraprendendo.com

    ResponderExcluir
  5. Bem apontado, Tê,o tema que vc traz.
    As comparações entre as pessoas são as maiores vilãs e, muitas atitudes cotidianas, indo desde um ideal de beleza a um ideal de poder ou de ter, causando, às vezes, tragédias.

    Cada um no seu quadrado faz mais meu feitio, rsrs.
    Bjos e boa semana.
    Calu

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tê!
    Lindas essas duas moças e bem diferente uma da outra, mas cada um com sua beleza.
    O ser humano é assim mesmo, mas quando observa bem ou descobre que a vida do outro pode ter beleza mas não tem felicidade, cai na real e começa a se valorizar.
    um beijinho carioca



    ResponderExcluir
  7. Olá!Bom dia!
    Teresinha, tudo bem?
    ...O mito do corpo perfeito está intimamente relacionado com o conceito de harmonia numa tentativa do ser humano de escapar à imperfeição.Penso que as pessoas que estão de bem com a vida, é por que estão de bem consigo mesmas, sem a preocupação com a "grama da vizinha." Somos seres únicos, e é isso que nos torna especial.Que cada um percorra a sua trilha que conduz cada um de nós ao seu devido lugar no mundo,indiferente de suas diferenças...
    Obrigado pelo carinho da visita!
    ótima semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Teresinha,aprendi aqui na blogosfera que se comparar aos outros é a pior coisa que podemos fazer a nós mesmos, e desde então não me comparo mais e isso me faz apreciar com mais generosidade cada blog,texto,sucesso ou aparencia de todos os amigos virtuais!Adorei seu texto,uma excelente reflexão!bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  9. OI TUDO BEM !!
    OI ADOREI SEU BLOG JÁ ESTOU SEGUINDO PODERIA POR GENTILEZA SEGUIR O MEU TAMBÉM , E CLICAR NO G+ . MEU BLOG É :- http://brechodosul.blogspot.com.br , VAI DAR UMA OLHADINHA SERÁ UM PRAZER EM RECEBER .
    OBRIGADA AGUARDO SUA GENTILEZA

    por gentileza me segue já estou te seguindo

    MARCIA REGINA - DESCULPE-ME A LETRA GRANDE MAS SOU DEFICIENTE ESPECIAL

    ResponderExcluir
  10. Que bela postagem eu adorei.
    Vou aguardar sua linda visita viu.
    Plantão da Beleza
    Lojinha Blog Chic
    @plantaodabeleza
    BeijosssssssssSimara Pink ♥♥♥♥♥♥

    ResponderExcluir
  11. Te, sempre acho que a felicidade é feita de momentos felizes. Nada é perfeito mas se juntarmos as pequenas felicidades veremos que elas se tornam grandes.
    bjs e boa semana
    Jussara

    ResponderExcluir
  12. Teresinha,
    Penso que associar a felicidade a um determinado tipo de corpo é complicado. Mesmo porque o corpo está sujeito a muitas mudanças durante a vida.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Que bom que as diferenças existem, pois assim podemos valorizá-las e não competir.

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Assunto mega interessante, rende muuuuita discussão!
    A auto-aceitação é absolutamente importante!
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Falou e DISSE, Tê!

    bjnhs, QUERIDA!

    ResponderExcluir

Amei o comentário. Bjs mil. Tê