12/02/2013

Começar depois do começo.

Aqui é para quem curte o carnaval!
Aqui é para quem não curte nem um pouco. kkk
Foto: Pra quem não gosta de carnaval.
Foto por Laetitia & Sebastien
Achei interessante esse texto e resolvi compartilhar. Nem sei de que ano foi, mas entra ano e sai ano e a rotina continua.
Confira!
Não vamos generalizar, né???

"Círculo vicioso
O ano tem 365 dias, começa em 1º de janeiro e termina em 31 de dezembro, certo? Errado! Pelo menos no Brasil, no famoso país do “jeitinho”, o ano inicia dois meses depois do começo (depois do Carnaval) e termina uma semana antes do fim (no Natal).
E para começar bem o ano, nada melhor que um feriado. Dia 1º de janeiro comemora-se a Confraternização Universal. É, a princípio, o encerramento da festança que começou com o Natal em 25 de dezembro, isso sem contar os preparativos.

Dia 02 a rotina de alguns brasileiros começa a ensaiar o retorno à vida que deveria ser normal. No entanto, a cabeça dos brasileiros já está no carnaval. As engrenagens da máquina giram lentamente: escolas em férias, políticos em recesso, órgãos públicos com expediente reduzido e nada funciona efetivamente. O país para, parece que poupa energia para a maior festa popular, que acontece em fevereiro. Carnaval não é feriado, mas acaba virando feriadão. Aí é só festa, alegria e diversão. Além, é claro, do consumo exacerbado de drogas, a proliferação exorbitante de doenças e um considerável aumento populacional registrado em fins de outubro e início de novembro. É, porque a associação de cultura, folclore e tradição era uma vez. Carnaval agora, para a maioria, é sinônimo de drogas, sexo e samba no pé.

Chega março, finalmente recomeçam as aulas, a maioria dos trabalhadores volta das férias, terminam-se os recessos. Se o seu estado e o seu município não estiverem de aniversário, se os santos que os “protegem” também não, nem morrer a sogra do prefeito, o trabalho segue firme o mês inteiro, tempo suficiente para que todos entrem no ritmo. Mas aí já é abril, tempo de Semana Santa para os católicos e de comemorar mais um feriadão no calendário. Na segunda-feira que sucede a Páscoa tudo recomeça, mas nem adianta acelerar muito que logo vem o dia de Tiradentes, em 21 de abril.

Em maio é mais tranqüilo, para o descontentamento de quem adora uma folguinha, só dia 1º, Dia do Trabalhador. Mas interessante mesmo é o tal ponto facultativo, utilizado para o dia do Colono e Motorista, por exemplo. Tudo para,  o comércio, os órgãos públicos ficam de portas fechadas. Todos descansam e enquanto isso os homenageados da vez continuam lá, produzindo e transportando o sustento do país.
Depois, só em setembro, dia 07, um tempinho dedicado à comemoração da Independência. Se tu és gaúcho, parabéns, dia 20 tem comemoração da Independência de novo e um feriado novo. Outubro também tem descanso, é dia 12, o dia da Padroeira Nossa Senhora Aparecida e, claro, das nossas crianças, o futuro do país, que aprendem desde cedo a consultar o calendário.
Estamos quase no fim do ano, já é novembro, não entendo exatamente para que serve, mas dia 02 é feriado de finados, deve ser para as pessoas sentirem-se obrigadas a ir ao cemitério, ou simplesmente não precisarem ir trabalhar. Dia 15 é Proclamação da República e início da segunda quinzena de novembro. Começam os preparativos para o Natal, em seguida Reveillon e tudo gira em torno disso. Tudo, literalmente.

E assim é o Brasil, engatinha rumo ao desenvolvimento entre dias santos e feriados de várias espécies: cívicos, sociais, religiosos ou comerciais. Um ano após o outro, seria sempre a mesma coisa se frequentemente não se instituíssem feriados novos e pontos facultativos diferentes. É o círculo vicioso que tem o especial “jeitinho brasileiro”."

Então...Vamos cruzar os dedos e desejar que 2013 seja super feliz para todos nós...
Fonte: http://sistemaepu.com.br/artigo-depois-do-carnaval-finalmente-comeca-o-ano-no-brasil/

6 comentários:

  1. Muito bom e "verdade verdadeira": é uma quantidade de feriados que é até engraçado. E quando não dá pra "enforcar" o povo reclama ; > )
    Pior é o recesso dos políticos, os dias de "ponto facultativo" pro funcionalismo público, só rindo.

    bjnhssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Gostei das Audrey à direita, ficou lindo, Tê!
    bjnhs

    ResponderExcluir
  3. Adorei a foto para quem não gosta de carnaval o/ eeeeu!kkkk

    adorei o texto, e concordo, apesar de parecer 'errado' sou dessas que vive com o calendário na mão, esperando o próximo feriado para programar aquela viagem!! acho que nasci aqui e fui conquista por esse jeitinho brasileiro,rs!

    acabou o carnaval, e o ano começa! mas minha próxima viagem.. hahah já tenho passagens em mãos!
    beijos e vamos a luta! ;)

    ResponderExcluir
  4. É, minha amiga, este país só começa mesmo depois do carnaval, é sempre assim!
    Nunca vi um país parar por tantos dias, só mesmo aqui onde o povo canta e dança e esquece suas mágoas.
    um grande beijo carioca e ... me aguarde! hehe

    ResponderExcluir
  5. Cada um com sua percepção...penso que enquanto uns folgam, outros tantos trabalham...afinal, alguém precisa servir, vender, limpar. Por aqui também há feriados, não para nós, expatriados...por isso, temos nossos 84 dias por ano de descanso, dividido conforme nossa conveniência. Sei que temos um monte de defeito, mas não há lugar no mundo, que seja perfeito...se sobra organização e educação, falta afeto e alegria. Vai entender, sou bairrista...amo o Brasil. Beijocas!

    ResponderExcluir
  6. rs...Que 2013 seja muito legal mesmo pra todos nós...beijos,chica

    ResponderExcluir

Amei o comentário. Bjs mil. Tê