06/10/2013

Minha meta não é a numeração...

Nunca é tarde para começar um projeto ou um planejamento na vida. Sempre apostamos em algo e lutamos para que ele dê certo e vamos à luta. 
Meu relato: Eu nunca fui uma pessoa magrinha e sempre briguei muito com a balança. Atualmente estou bem acima do meu peso e digo que a academia sempre fez parte da minha vida e mesmo que eu não seja enquadrada dentro dos padrões das numerações, sempre estive lá batalhando com a esteira ou com o grupo em algumas aulas.
Devido a dores na coluna, o médico me indicou musculação. Isso para fortalecer alguns músculos, mas confesso que detesto essa modalidade, então resolvi contratar um parceiro... Um personal trainer (Denis) para me dar um apoio. Tudo bem que ele está me dando uma canseira, mas estou adorando e digo que minha coluna está melhorando a cada dia. Além dessa parceria faço zumba pela manhã e a noite e spining... Isso sem contar com a correira diária em casa. Ufa!!! cansei só de relatar, mas...Então, estou determinada a melhorar meu condicionamento físico e descartar alguns quilinhos. 
Confesso que quando chegamos a uma determinada idade não é nada fácil, pois parece que até o alface engorda. kkkk...
Mas o que eu quero dizer mesmo é sobre a numeração das roupas e aproveitando este momento eu não estou ligando muito se a numeração é x ou y. O que eu quero é que a roupa tenha um bom caimento no meu corpo e que me faça sentir uma pessoa de bem com a vida e mais atraente. Portanto, não perca muito tempo ficando chateada vendo os números nas etiquetas. Pegue a peça e vista para ver se está de acordo com com o seu gosto. Se ficarmos presas a numeração, deixamos escapar modelitos que poderiam favorecer o nosso corpo, concorda?

Tem horas que fico assim...Tudo fica virado... É uma verdadeira correira, pois não é nada fácil. Imagina ter diversas funções em um dia?
Fonte: Imagens: Google

8 comentários:

  1. Que bom que estás entusiasmada assim.Preciso disso,mas não me animo!rs beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Teresinha!
    Concordo com você.
    Devemos sempre procurar a melhor forma que nos for possível, considerando a idade e outros fatores.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  3. Ei Teresinha
    Animação total, gostei de ver.
    Como é bom deixar ao longo do caminho alguns quilinhos indesejáveis, que muitas vezes deixam nossa auto-estima lá embaixo.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Olá

    Realmente, peso é questão de saúde mais do que qualquer coisa.
    Eu sempre fui magra, mas o manequim varia de marca para marca.
    Faço exercício, porém não é prazer, mas necessidade.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Muita correria mesmo! e vamos combinar além de tudo nem as numerações estão de acordo, não é mesmo? Beijos

    ResponderExcluir
  6. Alface engorada, sim. Pelo menos a que eu tenho aqui em casa, que vem sempre acompanhada de um monte de outras coisas.

    :)

    ResponderExcluir
  7. A vida se resume em se sentir bem Teresinha.
    Mas acalme sua correria,rsrs.
    Uma linda semana de paz e alegria.
    Carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  8. Numeração de roupas? Ligo, não, Tê!
    Aqui, tenho de XP a XG: nem ligo pra tal da "tag": o importante mesmo é o caimento.
    Na "nóia", corto a etiqueta : > )))

    bjnhsssssssssssss

    ResponderExcluir

Amei o comentário. Bjs mil. Tê