14/10/2013

Seja você...Nada mais...

Foto
Você já notou que somos regidos por regras? Quantos segmentos envolvem estas cinco letrinhas e que mexe de tal maneira com a nossa cabeça que precisamos refletir para não cair no verdadeiro quadrado. É obvio que não estou falando aqui de leis... Nada disso, estou falando de regras de como vestir, de como nos comportar. Muitas vezes, perdemos a verdadeira essência da vida feliz. 
Uma vida regrada e com uma expressão tamanha que deixa qualquer regra de lado.
Nesse mundo fashion os padrões são lançados e a massa procura estar de acordo com as determinação devido as tendências. Uma moda que, muitas vezes, fica entre um quadrado com poucas variações. Ser você mesma é algo aplausível e satisfatório. A personalidade deve ser preservada. Mostrar a determinação de ser diferente  sem se preocupar com o que estão falando de você é o mais correto.
Assumir a diferença... Muitos não conseguem sair desse quadradinho imposto e vive numa redoma de vidro sendo manipulado com regras e regras.
Ser única(o) e com bom gosto é fundamental. Portanto, ignore alguns padrões impostos e seja VOCÊ! Deixe que diga que pense que falem...
A boa loucura faz parte do mundo. A diferença pede passagem e aplausos!
Beijos mil

6 comentários:

  1. É verdade, Terezinha. Não podemos ser escravos de nada, muito menos da moda. Temos que seguir o que queremos, o que nos deixa confortáveis, elegantes, sem que fiquemos atados a padrões. O importante é estarmos saudáveis e bem dispostos, para seguir nossos próprios movimentos.
    Beijo e boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Ei Teresinha
    Seria tão bom se conseguíssemos ficar alheias a determinados padrões e comportamentos, sem dar atenção aos comentários.
    A maturidade nos faz deixar de lado um pouco esta rigidez, falo por experiência própria.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. É isso mesmo, amiga, e nós, conforme vamos envelhecendo, percebemos melhor isto e vamos inovando, largando as amarras. Eu sempre gostei de fazer diferente, você que me conhece há tempos, pode atestar o que falo.
    E, moda, é a gente que faz, né mesmo?
    Beijinhos cariocas, saudade docê.


    ResponderExcluir
  4. Um texto maravilhoso ao som do (gos-to-so! com todo respeito, do Seu Jorge: ADOREI!!!!!!!

    : > )))

    Parabéns, Tê! E bjnhs, pra sua família tb!

    PS: a minha tb crescendo: meu irmão vai seu pai (mais 1 vez). Sobrinho/a nº5 chega em 2014!

    ResponderExcluir
  5. Verdade a ser seguida.
    Zelo pela diferença sem me preocupar com o que dizem.
    A ditadura da moda não cabe em todos.
    Bom final de semana
    Xeros

    ResponderExcluir
  6. Sim, infelizmente acabamos aprendendo que temos que nos adequar e acreditamos nisso como único caminho. Viver acomodado acaba sendo útil a alguém, mas nunca a nós mesmos.

    :)

    ResponderExcluir

Amei o comentário. Bjs mil. Tê